Preservemos o nosso Meio Ambiente   

Proteger é garantir o futuro

O que é a Atmosfera

A atmosfera é uma fina camada de gases sem cheiro e sem cor, presa à Terra pela força da gravidade. A atmosfera esta composta principalmente por azoto (N2), oxigénio (O2), dióxido de carbono (CO2), ozono (O3) e hidrogénio (H2). Ela protege à vida no planeta Terra, absorvendo radiação solar ultravioleta e variações extremas de temperaturas entre o dia e a noite. A atmosfera do planeta terra é fundamental para toda uma série de fenómenos que se processam em sua superfície, como os deslocamentos de massas de ar e os ventos, as precipitações meteorológicas e as mudanças do clima.

Não existe um limite definido entre o espaço exterior e a atmosfera, presume-se que esta tenha cerca de mil quilómetros (1000 km) de espessura, 99% da densidade está concentrada nas camadas mais inferiores, cerca 75% está numa faixa de 11 km da superfície, à medida em que se vai subindo, o ar vai se tornando cada vez mais rarefeito perdendo sua homogeneidade e composição.

As camadas atmosféricas

Com a evolução dos estudos a cerca da altitude constatamos a existência de diversas camadas sobrepostas, caracterizadas por comportamentos distintos como sua densidade, que vai diminuindo gradualmente com o aumento da altitude e, os efeitos que a pressão atmosférica exerce também diminuindo na mesma proporção.

A temperatura da atmosfera da Terra varia entre camadas em altitudes diferentes, portanto, a relação matemática entre temperatura e altitude também varia, sendo uma das bases da classificação das diferentes camadas da atmosfera.

A atmosfera está estruturada em três camadas relativamente quentes, separadas por duas camadas relativamente frias. Os contactos entre essas camadas são áreas de descontinuidade, e recebem o sufixo "pausa", após o nome da camada subjacente.

As camadas da atmosfera são: a troposfera, a estratosfera, a mesosfera, a termosfera e a exosfera.

Troposfera

É a camada da atmosfera que está em contacto com a superfície terrestre e que contêm o ar que respiramos. Ela possui oitenta por cento (80%) do peso atmosférico. A sua altura varia entre 7 a 8 km nos pólos, 18 km no equador. É na troposfera que estão as nuvens, onde sopram os ventos, onde cai a chuva e todos os fenómenos meteorológicos estão confinados a esta camada.

A tropopausa é o nome dado à camada intermediária entre a troposfera e a estratosfera, situada a uma altura média em torno de 17km no equador. A distância da Tropopausa em relação ao solo varia conforme as condições climáticas da troposfera, da temperatura do ar, a latitude entre outros factores. Se existe na troposfera uma agitação climática com muitas correntes de convecção, a tropopausa tende a subir. Isto se deve por causa do aumento do volume do ar na troposfera, este aumentando, aquela aumentará, por consequência, empurrará a tropopausa para cima. Ao subir a tropopausa esfria, pois o ar acima dela está mais frio.

A Atmosfera Terrestre

Poluição
Atmosférica

Estratosfera

A estratosfera é importantíssima para a sobrevivência dos seres vivos, pois nela se encontra a famosa camada de ozono, que nos das radiações ultravioletas solares. A estratosfera reparte-se, em média, pelos 10 a 65 km de altitude, situando-se a zona de maior concentração de ozono a 16 km de altitude ao nível dos pólos, a 25 km de altitude ao nível do equador. É nessa camada que circulam os aviões e onde começa a difusão da luz solar originando o azul do céu. É próximo à estratopausa que a maior parte do ozono da atmosfera situa-se. Isto é em torno de 22 quilómetros acima da superfície, na parte superior da estratosfera.

 

Mesosfera

A mesosfera é onde a temperatura vai baixando á medida que a altitude aumenta, chegando aos 100ºC negativos, e onde o ar esta bastante mais rarefeito. Termina a uma altitude média de 80 km, na mesopausa.

 

Termosfera

Estende-se a uma altitude de cerca de 450 km, onde já não existe ar. É nestas zona que se formam as auroras polares, que se desintegram os meteoritos e onde se colocam os satélites artificiais.

A mesosfera e a termosfera formam a ionosfera. Ionosfera é a região que contêm ions. Para lá da termopausa, zona limite da termosfera situa-se a exosfera a cerca de 1000 km de altitude, nesta zona já não existe ar respirável. A rodear a atmosfera terrestre existe a magnetosfera, onde se encontram, apenas as partículas do vento solar que divido ao campo magnético terrestre, se dispõem em anéis à volta da Terra -as cinturas de Van Allen.

·       Na exosfera, zona em que foi arbitrado limítrofe entre a atmosfera e o espaço interplanetário, algumas moléculas de gás acabam escapando à acção do campo gravítico.

A atmosfera é o que garante a nossa protecção contra todo o tipo de agressores vindos do exterior

IDF
Top30 Brasil - Vote neste site!
Concurso de sites Top30.

Bibliografia:

MENDONÇA, SANTOS ET RAMALHO, MARTA; NO MUNDO EM TRANSFORMAÇÃO – QUÍMICA 8º. ANO; TEXTO EDITORA, LDA; 1º EDIÇÃO; 1999; LISBOA

PEREIRA, ANA ET SOUTO, ANA ET GONÇALVES, CONCEIÇÃO; EU GOSTO DE FÍSICA 9ºANO; TEXTO EDITORA, LDA; 3ª EDIÇÃO; 1999; LISBOA

PEREIRA, ALDA ET CAMÕES, FILOMENA; QUÍMICA – 10º ANO; TEXTO EDITORA, LDA; 2ª EDIÇÃO; 1998; LISBOA

MENDONÇA, SANTOS ET RAMALHO, MARTA; JOGOS DE PARTÍCULAS – QUÍMICA 10º. ANO; TEXTO EDITORA, LDA; 1º EDIÇÃO; 1997; LISBOA

MARTINS CUNHA, ARMANDA; NOVA FISICA 9ºANO – AREAL EDITORES, LTD, 1ª EDIÇÃO; 2000

MACIEL, NOÉMIA ET MIRANDA ANA; EU E O PLANETA AZUL – SUTENTABILIDADE NA TERRA 3º CICLO; PORTO EDITORA, LTD; 1º EDIÇÃO, 2003; PORTO

MACIEL, NOÉMIA ET MIRANDA ANA; EU E A QUIMICA 8º ANO; PORTO EDITORA, LTD; 1º EDIÇÃO, 1999; PORTO

http://www.wikipédia.com

http://www.rudzerhost.com